Ciclocrosse, Entrevistas, Nacional

PCM Entrevista: Mário Costa e o estado atual do ciclocrosse em Portugal

PCM Entrevista: Mário Costa e o estado atual do ciclocrosse em Portugal

A problemática dos baixos prémios nas provas em Portugal

Outro dos grandes problemas na ordem do dia do ciclocrosse nacional é a temática dos prémios. Para se ter uma ideia, nos 8 eventos em solo nacional só 5 dão premiação, sendo esses os 5 eventos da Taça de Portugal. As provas da Superliga AC Porto não dão qualquer tipo de prémio aos ciclistas, bem como o campeonato nacional. Para quem está no ciclismo a 100%, como é o caso de Mário Costa, não é algo fácil, levando a uma grande ponderação por parte do atleta que até equacionou não participar na totalidade da temporada. Decidiu, no entanto, correr as provas da Taça e não comparecer nas da Superliga, já que não dão qualquer tipo de prize money.

Os organizadores que fazem essas provas [da Superliga AC Porto] não têm culpa nenhuma, visto que já as fazem com algum esforço. Devia haver algum tipo de prize money, neste caso para as provas da Superliga, ainda que não fosse igual ao da Taça de Portugal devia de existir por mais pequeno que fosse.

Mário Costa

No que concerne à Taça de Portugal o problema dos prémios não é urgente mudar, já era urgente mudar antes. Já no ano passado, Mário, tinha abordado este problema no seu canal de YouTube e o problema persiste.

No caso da Taça de Portugal não é urgente mudar, já era urgente mudar há muito. Acho que a continuar assim caminhamos para voltar a não ter ciclocrosse em Portugal, espero que isso não aconteça, logicamente, e espero que haja alterações e que as coisas comecem a funcionar como devem de funcionar.

Mário Costa

Algumas das propostas que apresenta já as tinha referido, também, no vídeo no seu canal de YouTube a falar desta temática.

O prize money devia aumentar no número de pessoas a que têm direito e logicamente no valor total dos que já estão incluídos nessa tabela. Nós, em Portugal, já devíamos ter, como mínimo, ter aumentado aos 5 primeiros participantes, é muito grave tu seres o 4º atleta numa Taça de Portugal e não levares, sequer, 1€ para casa de recompensa, isso não pode continuar a acontecer.

Mário Costa
A problemática dos prémios, previamente abordada no final da última temporada de ciclocrosse.
Fonte: Canal de YouTube de Mário Costa

Insiste que algo tem de ser feito, sendo que este é um problema transversal a todos os ciclistas que participam nas provas de ciclocrosse.

Não é admissível e acho que é uma falta de respeito por todos os atletas. Muitas vezes penso que eu me estou a queixar e, se calhar, vou fazer pódio em todas as provas da Taça de Portugal, agora imagino um atleta que vá fazer 4º em todas as provas, vai andar um ano inteiro a gastar tempo e material para não receber 1€, isso não pode ser, temos de insistir todos para que isto não continue assim.

Mário Costa
Written by - - 667 Views

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9

No Comment

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *