Opinião

Giro d’Italia: Menos de um mês para Budapeste

Giro d’Italia: Menos de um mês para Budapeste

Quem está em crescendo

Entrando numa análise menos individual, há nomes que estão a subir no grau de favoritismo com a evolução da temporada.

À cabeça está Pello Bilbao, ciclista basco da Bahrain-Victorious, que, para além da mais recente vitória em etapa na Volta ao País Basco, tem vindo a assinar uma das melhores temporadas da carreira, algo que pode ser matematicamente provado já que se encontra nos vinte primeiros do ranking mundial. O melhor que conseguiu foi um Top-50 em 2020 e foi pódio no UAE Tour, o seu primeiro em corridas World Tour. É o meu “dark horse” para o pódio no Giro deste ano pelo seu perfil atacante, pela sua forte equipa e porque a Bahrain é cada vez mais uma equipa pronta a batalhar com as grandes do pelotão.

No segundo patamar, um desaparecido em 2021. Jai Hindley parece voltar a mostrar as pernas que o levaram ao pódio do Giro, principalmente com a consistente exibição no Tirreno-Adriático e foi também peça importante na ajuda a Higuita no último dia da Volta à Catalunha. Até agora, é o melhor da eminentemente explosiva liderança a três da Bora.

Written by - - 735 Views

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8

No Comment

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *