Opinião

Giro d’Italia: Menos de um mês para Budapeste

Giro d’Italia: Menos de um mês para Budapeste

Simon Yates

Há um homem que tem contas para ajustar com o Giro: Simon Yates. Desde 2018, com uma relação de amor-ódio com a corrida, todos os anos o britânico aparece para tentar entrar na luta pela rosa. Pode-se dizer que até ao momento foi dos que teve uma das melhores exibições na temporada entre os que vão lutar pela vitória no Giro, depois do recital dado na última etapa do Paris-Nice, deixando Primoz Roglic em sofrimento. Mas, em linha com o que vem sendo um pouco a sua carreira, depois de um alto veio um baixo com o abandono da Volta à Catalunha, onde “rebentou como uma bela castanha de São Martinho”, apesar de ainda estarmos bem longe do outono. 

Apesar das oscilações, é um dos corredores do pelotão que, estando nos seus melhores dias, pode deixar para trás qualquer adversário e tem uma ligação especial com Itália, pois um terço das suas vitórias na carreira aconteceram em terras transalpinas. A esta distância do Giro é a minha aposta mais forte para rivalizar com Carapaz, mas convém ressalvar que a qualidade dos acompanhantes que a Bike-Exchange pode oferecer a Yates está bem longe do que terá Carapaz. Até ao Giro ainda correrá a Tour dos Alpes como preparação.

Written by - - 736 Views

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8

No Comment

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *