Estrada, Nacional

Volta a Portugal 2021: D.Rafael (Reis) de Bragança!

Rafael Reis (Efapel) venceu hoje pela terceira vez na 82ª edição da Volta a Portugal, ele que atacou na descida e voltou a repetir a dose da primeira etapa em linha, quando também atacou em descida. O vencedor do dia de ontem, Ben King (Rally Cycling), foi o segundo classificado e em terceiro na etapa ficou Diego Lopez (Kern Pharma), todos eles integrados na fuga do dia.

No dia de hoje tivemos a maior etapa da Volta com a ligação entre Felgueiras e Bragança numa extensão de 193,2 quilómetros. Uma etapa quase sem um metro plano, num sobe e desce constante. O dia de hoje teve 27 elementos em fuga: Ricardo Mestre, Ricardo Vilela e Samuel Caldeira (W52-FC Porto), Juan Diego Alba e Juri Hollmann (Movistar), Juan Lopez-Cozar, Juan Felipe Osorio e Adrià Moreno (Burgos-BH), Ivan Moreno e Diego Lopez (Kern Pharma), Ben King e Gavin Mannion (Rally Cycling), Rafael Reis, Javier Moreno e Luís Mendonça (Efapel), Joaquim Silva (Tavfer-Measindot-Mortágua), Nuno Meireles, Nicolas Paredes e Roniel Campos (Louletano-Loulé Concelho), Vicente Garcia de Mateos, Rafael Silva, Gonçalo Amado e António Ferreira (Antarte-Feirense), Adrian Bustamante e Pedro Lopes(Kelly/Simoldes/UDO) e ainda Gonçalo Leaça (LA Alumínios-LA Sport), sendo que alguns dos elementos da fuga foram perdendo o contacto no decurso da etapa. Luís Mendonça e Rafael Reis atacaram na descida depois da última subida categorizada e Reis nunca mais foi alcançado até à linha de meta em Bragança.

Nas classificações das camisolas, Rafael Reis reservou para si tanto a camisola amarela como a camisola verde. As restantes classificações mantêm-se inalteradas, com Abner González a manter a camisola branca e Bruno Silva a manter a camisola das ‘bolinhas’.

Foto de capa: Efapel

Written by - - 48 Views