Ciclocrosse, Internacional

Van der Poel fora do Mundial de Ciclocrosse!

Van der Poel fora do Mundial de Ciclocrosse!

Ainda ressentido da queda que sofreu na corrida de XCO dos Jogos Olímpicos de Tóquio em agosto e num treino em novembro, Van der Poel (Alpecin-Fenix) ficou com graves sequelas e não pôde participar na passada quinta-feira na X2O Badkamers Trofee (Bélgica) nem no domingo na prova da Taça do Mundo (Países Baixos).

O tetracampeão mundial de ciclocrosse chegou mesmo a desistir a meio de uma corrida ao fim de seis voltas em Heusden-Zolder, no dia 27 de dezembro, não conseguindo suportar as dores. Em sentido contrário, o seu rival Wout Van Aert segue a todo o gás neste início de temporada na lama, pois o atleta da casa conseguiu arrecadar nessa mesma prova o Superprestige, atacando logo à primeira volta do circuito, num total de sete vitórias em oito provas disputadas. Van Aert apenas não venceu a oitava corrida por ter sido vítima de uma avaria logo nos primeiros minutos no percurso de Hulst. Contudo, conseguiu ficar em quarto lugar, o que demonstra que nem o problema mecânico parou o belga, fazendo só mais 1,09 minutos do que o vencedor Pidcock.

Mathieu Van der Poel mantém o foco na recuperação para que possa defender o seu título no Campeonato Mundial de Ciclocrosse, afirmando que é o primeiro grande objetivo para este ano, no entanto esta não é uma opinião partilhada pelo seu pai. Em declarações à comunicação social local, Adrie van der Poel defendeu que Mathieu deveria pendurar a bicicleta de ciclocrosse até ao fim deste inverno, o que o levaria então a falhar as próximas provas do calendário, inclusive o Mundial, que decorrerá a 29 e 30 de janeiro nos Estados Unidos.

Quanto à estreia na época de estrada, a mesma parece não estar comprometida, estando confirmada a sua participação na Volta ao Algarve, onde correu já em 2020.

ATUALIZAÇÃO

Segundo as notícias avançadas na manhã de quarta-feira, o ciclista neerlandês e a sua equipa chegaram ao consenso de dar por terminada a temporada de Van der Poel na disciplina. Desta forma, o corredor não defenderá o título mundial conquistado no ano passado, hipótese já avançada pela nossa publicação no início da semana.

Written by - - 90 Views