Estrada, Internacional

Tour de France – 16ª etapa: A reta final

Tour de France – 16ª etapa: A reta final

Quando entramos para a última semana, o pelotão enfrenta 178km na ligação entre Carcassonne e Foix.

Num momento em que chegamos aos Pirenéus, a etapa começa a poucos metros do final da anterior e ultrapassa duas contagens de primeira categoria para uma longa descida até à meta.

A primeira grande dificuldade vai ser o Port de Lers, com 11km a 7% de inclinação média. A estreia desta passagem aconteceu no Tour de 1995, onde Marco Pantani passou em primeiro no topo e venceu a etapa. Em 2012, com começo em Limoux, o português Sérgio Paulinho foi o primeiro a ultrapassar o Port de Lers e terminou a etapa no sexto lugar.

A última ascensão do dia coloca os ciclistas perante o Mur de Péguère. Vão ser 9,3km a 7,9% de inclinação. Esta vai ser a quarta vez que o Tour enfrenta esta dificuldade, depois da estreia em 2012. Na última passagem, em 2019, numa etapa que também detinha o Port de Lers e terminava em Foix, o atual detentor da camisola da montanha, Simon Geschke, arrecadou os pontos máximos no alto da subida e Simon Yates levantou os braços no final.

A vitória do britânico foi a quarta vez que uma etapa do Tour terminou e Foix. Dois anos antes, numa etapa extremamente curta, Warren Barguil bateu Quintana, Contador e Landa ao sprint. A etapa teve uma extensão de apenas 101km, mas contou com três contagens de primeira categoria.

Written by - - 266 Views

Páginas: 1 2

No Comment

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *