Internacional

Tour 2022: Pogi-show não espera pela montanha!

Tour 2022: Pogi-show não espera pela montanha!

Depois de um dia muito duro no paralelo e com a primeira etapa de montanha no dia de amanhã seria até lógico pensar num dia mais calma, mas Wout Van Aert e Tadej Pogacar tinham planos diferentes e tornaram a etapa mais longa do Tour de France bem animada.

Início veloz e furioso de etapa, com o vento a soprar de costas e a empurrar para a fuga o camisola amarela Wout Van Aert (Jumbo-Visma), juntamente com Jakob Fuglsang (Israel-Premier Tech) e Quinn Simmons (Trek-Segafredo). Uma fuga pequena em número, mas grande em qualidade, que cedo despertou a atenção da UAE Team Emirates e outras equipas com líderes da geral.

O controlo foi apertado, mas ainda permitiu a Van Aert reforçar a sua liderança na classificação por pontos, vencendo o sprint intermédio. O maior espetáculo estaria reservado para os quilómetros finais da etapa, a partir do momento em que o pelotão aumentou o ritmo, e Van Aert avançou a solo. Apesar da curta vantagem, o ciclista belga deu muito trabalho ao pelotão, sendo alcançado apenas a 10 quilómetros do final e depois, ficando para trás e perdendo a camisola amarela. Uma despedida à altura da sua prestação nesta semana.

Alexis Vuillermoz (TotalEnergies) abriu as hostilidades na penúltima subida, com Tadej Pogacar também a testar as pernas, reduzindo muito o grupo. Na subida final, a UAE Team Emirates montou o comboio perfeito para o seu líder e no momento de sprintar, o arranque do esloveno superou todos os adversários. Michael Matthews (BikeExchange-Jayco) resistiu bravamente, mas teve de se contentar com o 2º lugar. David Gaudu (Groupama-FDJ) foi 3º.

Graças às bonificações, Tadej Pogacar assume agora a liderança do Tour, partido para a primeira chegada de montanha já com a camisola amarela no corpo. O seu maior adversário, Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma), está agora a 31 segundos, com Neilson Powless (EF Education-Easy Post), que andou escapado ontem, ainda entre eles. Nas contas dos portugueses, Nelson Oliveira foi 66º na etapa, com Rúben Guerreiro no 96º lugar.

Written by - - 262 Views

No Comment

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *