Estrada, Internacional

Team dsm-firmenich aproveita o dilúvio e Lorenzo Milesi é o primeiro líder da Vuelta

Team dsm-firmenich aproveita o dilúvio e Lorenzo Milesi é o primeiro líder da Vuelta

A Volta a Espanha começou, como tem sido habitual, com um contra-relógio por equipas, desta feita na cidade de Barcelona, que apadrinhou a grande partida da prova espanhola. No entanto, a chuva viria a marcar (e encharcar) os 14,8 quilómetros cronometrados que compunham esta jornada inaugural, o que, aliado ao traçado técnico, complicou as contas das equipas que mais tarde iniciaram o seu esforço.

Já com algumas gotas de chuva a cair, mas ainda sem a forte intensidade que se fez sentir mais tarde, a Team dsm-firmenich estabeleceu cedo uma marca importante, demorando 17:30 minutos a cumprir o trajeto designado pelo centro da cidade catalã. O primeiro a cruzar a meta pela equipa neerlandesa foi o recém consagrado campeão mundial de contra-relógio na categoria Sub-23, Lorenzo Milesi, por isso era nele que iria cair a primeira camisola vermelha da prova caso o registo se mantivesse no topo da tabela classificativa.

E eis que chega a chuva. Os holofotes estavam todos apontados para as equipas dos principais favoritos à vitória nesta edição da Vuelta, mas o dilúvio condicionou, e de que maneira, o seu desempenho. INEOS Grenadiers (+20 segundos e queda de Laurens De Plus), Jumbo-Visma (+32 segundos e com furo de Jonas Vingegaard) e UAE Team Emirates (+37 segundos) acumulam já perdas significativas. Por outro lado, a Soudal-Quick Step (+6 segundos) e a Movistar (que perdeu o contra-relógio por milésimas) foram as que mais ajudaram os seus líderes.

Nas contas dos favoritos à geral, Remco Evenepoel foi quem mais motivos teve para sorrir no final do dia (apesar dos seus protestos após o final da etapa), com tempo importante ganho já aos seus principais adversários, com exceção de Enric Mas (Movistar).

Quantos aos portugueses, Nelson Oliveira (Movistar) é o melhor na geral (9º, com o mesmo tempo que o líder). João Almeida acumulou já 37 segundos de perda para a liderança, e encontra-se na 83ª posição. Rui Costa (Intermarché-Circus-Wanty) 69º, a 33 segundos; Rui Oliveira (UAE Team Emirates) 80º, a 37 segundos; Ruben Guerreiro (Movistar) não conseguiu acompanhar a sua equipa perdeu já 1 minuto (126º); e André Carvalho (Cofidis) é 170º, a 2:24 minutos.

Written by - - 747 Views

No Comment

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *