Estrada, Internacional

Giro d’Italia: primeira maglia rosa para Remco, João Almeida começa forte

Giro d’Italia: primeira maglia rosa para Remco, João Almeida começa forte

Remco Evenepoel venceu o primeiro contrarrelógio com uma prestação verdadeiramente monstruosa, em que deixou toda a gente a léguas de distância. O campeão belga da especialidade bateu o homem da casa, Filippo Ganna, por 22 segundos, e deixou João Almeida já a 29. O ciclista português da UAE Team Emirates deu um murro na mesa e foi o melhor da equipa, num dia em que Jay Vine e Brandon McNulty também andaram muito bem (respetivamente 7º e 8º na etapa, a 46 e 48 segundos de Remco). Almeida esteve particularmente bem na subida final, onde foi o segundo mais rápido, com o mesmo tempo que Tao Geoghegan Hart.

As diferenças entre os ciclistas foram bastante elevadas, tendo em conta que o percurso era de apenas 19,6 quilómetros. Dos principais candidatos, apenas Almeida, Geoghegan Hart (4º a 40 segundos), Primož Roglič (6º a 43 segundos), Geraint Thomas (9º a 55 segundos) e Aleksandr Vlasov (10º a 55 segundos) conseguiram terminar a menos de um minuto do vencedor da Liège-Bastogne-Liège, que deverá segurar a camisola rosa pelo menos até à etapa 4. Outros nomes importantes nas contas da classificação geral, como Damiano Caruso (31º a 1:28), Rigoberto Urán (36º a 1:35), Jack Haig (38º a 1:36), Thibaut Pinot (46º a 1:43) e Hugh Carthy (56º a 1:56) estão já muito longe da liderança, pelo que terão alguma liberdade para andar ao ataque nas etapas de montanha.

Nas classificações secundárias, Remco Evenepoel lidera também a classificação da juventude e dos pontos, cujas camisolas vão ser envergadas por João Almeida e Filippo Ganna, ao passo que a camisola da montanha é liderada por Brandon McNulty, que foi o mais rápido na subida final.


O Giro d´Italia na Portuguese Cycling Magazine é patrocinado por:

Written by - - 351 Views

No Comment

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *