Estrada, Internacional

Giro d’Italia, 11ª etapa: Pascal Ackermann de volta às vitórias; Tao Geoghegan Hart abandona devido a queda e João Almeida sobe ao pódio provisório!

Giro d’Italia, 11ª etapa: Pascal Ackermann de volta às vitórias; Tao Geoghegan Hart abandona devido a queda e João Almeida sobe ao pódio provisório!

Num dia que fica marcado pelo abandono de Tao Geoghegan Hart, foi Pascal Ackermann (UAE Team Emirates) o grande vencedor da jornada do dia. A 11ª etapa ligou Camaiore a Tortona com uma extesnão de 219 quilómetros. A fechar o pódio da jornada ficou Jonathan Milan (Bahrain Victorious) e Mark Cavendish (Astana Qazaqstan Team).

A equipa da Trek-Segafredo foi quem preparou melhor sprint no dia de hoje, no entanto Mads Pedersen não conseguiu concluir o bom trabalho da sua equipa. Jonathan Milan protagonizou um grande sprint, ele que a 400 metros do fim vinha algo atrasado e quase levou de vencida a tirada do dia.

A menos de 3 quilómetros do final Henok Mulubrhan e Jasha Sütterlin foram ao chão e acabaram por cortar o pelotão, no entanto ninguém perdeu tempo no dia de hoje, ao abrigo da proteção dos 3 quilómetros do fim.

A rápida formação da fuga e animação na luta pela Ciclamino

A fuga do dia rapidamente se formou, no dia de hoje, numa fase inicial da etapa. O dia contou com 6 ciclistas na frente: Alexander Konychev e Veljko Stojnić (Corratec Selle Italia), Laurenz Rex (Intermarché – Circus – Wanty), Thomas Champion (Cofidis), Diego Pablo Sevilla (EOLO-Kometa Cycling Team) e Filippo Magli (Green Project-Bardiani CSF-Faizane’). Alguns dos fugitivos foram alcançados a 36 quilómetros do final, numa altura em que Rex e Stojnić se isolavam na frente. A menos de 19 quilómetros do fim era Rex que se isolava na frente, no entanto acabaria alcançado a 5 quilómetros para o fim.

Um dos pontos altos da etapa de hoje foi a luta entre Jonathan Milan e Mads Pedersen pelos pontos para a ‘Maglia Cicliamino’ que tem animado os sprints intermédios das etapas. Milan levou a melhor sobre Pedersen e ampliou, ligeiramente, a sua liderança na camisola dos pontos.

O abandono de Tao Geoghegan Hart

A etapa ficou, ainda, marcada pela queda de vários elementos da INEOS Grenadiers, incluindo o líder da prova Geraint Thomas, na descida da Colla di Boasi. Tao Geoghegan Hart teve de abandonar a prova e acabou por sair da corrida evacuado de ambulância, sendo que Pavel Sivakov ficou mal tratado e atrasou-se bastante no dia de hoje. Nessa queda também ficou afetado Primož Roglič, no entanto o esloveno recolou no pelotão sem problemas de maior.

As classificações

A grande novidade no dia de hoje foi a ascensão de João Almeida ao terceiro lugar da geral. Nas restantes classificações mantém-se tudo igual: com Geraint Thomas a liderar a geral, Jonathan Milan a liderar os pontos, Davide Bais a liderar a montanha e João Almeida a segurar a juventude.


O Giro d’Italia na Portuguese Cycling Magazine é patrocinado por:

Representante oficial das seguintes marcas em Portugal 🇵🇹:

Written by - - 197 Views

No Comment

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *