Internacional

Giro 2022: Cavendish leva maratona húngara

Giro 2022: Cavendish leva maratona húngara

Na primeira oportunidade para os homens mais rápidos medirem forças foi a oportunidade para Mark Cavendish coroar o seu regresso ao Giro, 9 anos depois. O ciclista da Quickstep – Alpha Vynil rematou da melhor forma o trabalho da equipa na ponta final, batendo Arnaud Demare e Fernando Gaviria.

O dia marcava a despedida de terras húngaras e a distância, uma das três etapas que este Giro passava a barreira dos 200km, deixava a antever uma etapa chata para quem estava do lado de cá do ecrã. Uma fuga consentida com a participação de Mattia Bais e Filippo Tagliani da Drone-Hopper e Samuele Rivi da EOLO-Kometa. O pelotão controlou a seu belo prazer, apesar de um ritmo manifestante calmo, e apanhou com facilidade os escapados e o ritmo voltou a aquecer com a disputa do prêmio de montanha.

Na batalha pelo sprint final foi mesmo a Quickstep de Cavendish a mostrar mais uma vez a sua força na preparação do sprint final, com o britânico a apostar por um sprint de praticamente 300m para vencer a sua décima sexta etapa no Giro.

Em termos de geral, mantém-se tudo inalterado com Mathieu van der Poel a vestir a rosa por mais um dia.

Written by - - 176 Views

No Comment

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *