Ciclocrosse, Internacional

Exact Cross Essen: Kuypers vitorioso em busca do sonho

Exact Cross Essen: Kuypers vitorioso em busca do sonho

Hoje foi dia do Exact Cross de Essen. Apesar da lista de inscritos estar condicionada por estágios e pela prova da Taça do Mundo de Dublin (que decorrerá amanhã), esta era uma boa oportunidade para ver em ação os crossers mais jovens e talentosos. Ainda assim, foi de salientar a presença de Jens Adams (Chocovit Cycling Team), atual 12º classificado do ranking UCI, e o principal favorito, que partiria para Dublin logo após o final da corrida, mas também a estreia de David Van der Poel (Alpecin-Deceuninck), irmão de Mathieu, na temporada de ciclocrosse.

O percurso de Essen pode ser dividido em duas partes distintas: uma primeira parte técnica, marcada por várias curvas apertadas e uma secção de barreiras; e uma segunda parte mais rápida, com longas retas, uma escadaria para quebrar o ímpeto dos ciclistas, e curvas ligeiras já no final da volta. No entanto, a meteorologia do norte da Bélgica transformou o terreno num autêntico lamaçal, principalmente na primeira metade do traçado, o que acarretava maiores dificuldades aos ciclistas.

As primeiras voltas foram dominadas pelos mais novos, com Gerben Kuypers (Proximus-AlphaMotorhomes-Doltcini CT), Emiel Verstrynge (Crelan-Fristads) e Clément Horny (Individual) a serem os mais ativos, mas seguidos de perto por Lennert Belmans (Crelan-Fristads), Victor Van De Putte (Deschacht-Hens-Maes), Jente Michels (Alpecin-Deceuninck) e Adams. Após a segunda passagem pela linha de meta, formou-se um quarteto na frente da corrida, com Kuypers, Verstrynge, Horny e Adams, e de onde viriam a partir as movimentações decisivas da corrida. Numa passagem por uma zona do percurso bastante enlameada, Horny desequilibrou-se, provocando a queda de Adams, o que permitiu a Kuypers e Verstrynge distanciarem-se na cabeça da corrida. Mas foi sol de pouca dura, já que Verstrynge, furou uns metros depois entregando a liderança isolada a Kuypers. A partir daqui, assistiu-se a uma corrida de Kuypers contra si mesmo, tentando ao máximo evitar erros que lhe retirassem a vitória no dia de hoje. Aproveitando os azares e erros dos adversários, e após um solo bem conseguido, a vitória foi, merecidamente, para o jovem belga, recém vencedor da Taça de França de Ciclocrosse, ao cabo de 1:00:30 h. Adams ainda foi retirando segundos à liderança nas últimas voltas, mas o melhor que conseguiu foi mesmo o segundo posto, a 15 segundos do vencedor. O terceiro a cruzar a linha de meta foi o campeão europeu sub-23, Vestrynge, a 23 segundos.

Esta foi, sem dúvida, uma vitória saborosa e com especial significado para Kuypers. O belga que já se tinha mostrado a elevado nível ao vencer a Taça de França, repartia, até à segunda-feira passada, o seu tempo entre o ciclocrosse e um emprego numa fábrica, que lhe fazia saltar da cama ainda de madrugada. O objetivo é tornar-se profissional, e a luta por esse sonho não podia ter começado da melhor maneira.

Amanhã realiza-se a prova da Taça do Mundo de Dublin, com o tiro de partida a ser dado às 14h10.

Foto: Exact Cross

Written by - - 134 Views

No Comment

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *