Estrada, Nacional

Época 2024: As mexidas no pelotão nacional

Época 2024: As mexidas no pelotão nacional

Credibom / L.A. Alumínios / Marcos Car

Os comandados de Hernâni Brôco irão iniciar uma nova temporada, após em 2023 terem conquistado 1 vitória durante a temporada, no GP Douro Internacional, pela mão de João Medeiros. Para a época de 2024 a estrutura irá aliar um misto de juventude à maior experiência de alguns ciclistas. Em relação a 2023, existe somente 1 saída e a entrada de 2 reforços, num plantel que contará com 11 ciclistas.

A equipa mantém o núcleo duro da última temporada, onde Rodrigo Caixas e Diogo Narciso poderão assumir um maior protagonismo em provas que acabem ao sprint ou em grupos seletivos, ao passo que Gonçalo Leaça e Alexandre Montez terão nas provas a subir as suas maiores valências e poderão ser 2 dos ciclistas em maior evidência. As restantes manutenções na equipa são: João Macedo, João Medeiros, João Nuno Oliveira, André Ramalho e François Vie.

Quanto a saídas a única baixa é a de Daniel Dias que se transferiu para a Radio Popular – Paredes – Boavista.

No capítulo das entradas a equipa reforçou-se bem para a alta montanha, com a entrada de Luís Fernandes (ex-Radio Popular – Paredes – Boavista) e com o regresso de Emanuel Duarte (ex-Efapel Cycling). Com estas 2 caras novas é esperado que a equipa de Hernâni Brôco seja considerada uma das equipas a ter uma palavra a dizer na Volta a Portugal, visto que tanto Fernandes como Duarte são 2 ciclistas que aportam qualidade e experiência ao bloco de montanha da equipa.

Luís Fernandes e Emanuel Duarte, os 2 reforços com as novas cores da Credibom / L.A. Alumínios / Marcos Car.
Foto: Credibom / L.A. Alumínios / Marcos Car

Página seguinte

Written by - - 1060 Views

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

No Comment

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *