Estrada, Nacional

Época 2024: As mexidas no pelotão nacional

Época 2024: As mexidas no pelotão nacional

Aviludo – Louletano – Loulé Concelho

Após um ano de 2023 em que a equipa mudou de diretor desportivo, com a saída de Jorge Piedade e a entrada do regressado Américo Silva, a equipa conseguiu 1 vitória, com Tomas Contte a triunfar na Clássica de Santo Thyrso. Para 2024 a estrutura de Loulé procedeu a uma grande mudança no seu elenco, com a saída de 6 elementos e a entrada de 6 caras novas, compondo um plantel de 10 atletas.

Tomas Contte, o ciclista que deu a única vitória à equipa durante a pretérita temporada, irá continuar na equipa e será um dos nomes a ter em conta no pelotão nacional já neste início de temporada, onde irá ter provas que se adequam às suas características. Jesús del Pino também se mantém na equipa algarvia e espera-se que seja uma das armas para as classificações gerais das provas mais duras. As restantes manutenções na equipa são: Carlos Oyarzún e Daniel Viegas.

De saída estão alguns dos ciclistas que mais anos contavam na estrutura como: Vicente García de Mateos, Nuno Meireles ou Rui Rodrigues. César Martingil, um dos melhores sprinters portugueses, também está de partida da estrutura para a equipa da Tavfer – Ovos Matinados – Mortágua, ao passo que Miquel Valls, que entrou na segunda metade da temporada na equipa para substituir Nahuel d’Aquila, irá ser reforço da equipa de clube CCL / Matdiver / Anastácio Mendes & Mendes, Lda. André Cruz é outra das baixas para 2024.

Para suprir estas baixas a equipa efetuou várias movimentações no mercado. O nome mais sonante é o de Nicolás Tivani, que procede da equipa Pro Team da Corratec, e que já esteve com um pé na equipa louletana, em 2022, e que será um dos nomes a ter em muita atenção já na Prova de Abertura, visto que tem uma ponta final interessante e tem facilidade em aguentar as subidas. Para fortalecer o núcleo de trepadores da equipa a estrutura contratou Gaspar Gonçalves (ex-Efapel Cycling), Sergio García (ex-Glassdrive / Q8 / Anicolor) e David Domínguez (ex-Zamora Enamora), este último o menos conhecido dos adeptos de ciclismo nacional, no entanto Domínguez foi um dos melhores trepadores do calendário amador espanhol e terá a primeira experiência como ciclista profissional. José Dias (ex-Fonte Nova – Felgueiras) e Tomás Viegas Martins (ex-Bicicletas Rodríguez – Extremadura) terão também a primeira experiência como ciclistas profissionais e irão ser alguns dos jovens da estrutura.

Nicolás Tivani, um dos reforços da Aviludo – Louletano – Loulé Concelho para a temporada de 2024.
Foto: Aviludo – Louletano – Loulé Concelho

Página seguinte

Written by - - 1062 Views

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

No Comment

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *