Estrada, Nacional

Época 2024: As mexidas no pelotão nacional

Época 2024: As mexidas no pelotão nacional

ABTF Betão – Feirense

Depois de em 2023 ter alcançado 4 vitórias, a estrutura fogaceira parte para 2024 com uma ambição reforçada, após manter quase na sua totalidade o elenco de 2023, o que poderá conferir uma maior solidez ao conjunto da Feira. A equipa conta com 3 saídas e 4 novos reforços, e terá 12 ciclistas no seu elenco.

Em relação às manutenções, o bloco irá contar com dois dos grandes nomes da temporada passada: António Carvalho e Afonso Eulálio. Carvalho espera-se, uma vez mais, que seja a aposta da equipa feirense para a Volta a Portugal e Eulálio com a evolução que tem tido poderá ter, ainda, mais preponderância em solo nacional e arrecadar algumas vitórias. As restantes manutenções na equipa são: Pedro Andrade, Tiano da Silva, Diogo Oliveira, Fábio Oliveira, Francisco Pereira e Ivo Pinheiro.

No campo das saídas, a maior saída da estrutura é a de Santiago Mesa que se transferiu para a Efapel Cycling. O colombiano que venceu a Prova de Abertura e uma etapa do GP Anicolor é um dos melhores sprinters do pelotão nacional, tendo sido um dos grandes destaques da equipa de Joaquim Andrade, a par de António Carvalho. As outras duas saídas são as de Barry Miller, sendo que o trepador norte-americano irá continuar em Portugal ao serviço da equipa de clube CCL / Matdiver / Anastácio Mendes & Mendes, Lda., e a saída de Francisco Moreira que irá mudar-se para o BTT.

Já nas entradas, uma das maiores surpresas reservada para este ano foi a contratação de Óscar Cabedo (ex-Team Vorarlberg), um trepador espanhol com bons pergaminhos (já por 2 vezes finalizou no top-25 da Vuelta a España) e que promete deixar água na boca na parelha que irá fazer com António Carvalho nas provas mais duras. Para o lugar de Santiago Mesa a estrutura fogaceira irá ter à disposição Fábio Costa e Pedro Silva (ex-Glassdrive / Q8 / Anicolor), dois ciclistas que têm uma boa ponta final e que conseguem passar algumas das dificuldades orográficas e poderão proporcionar algumas vitórias no decurso do ano. Por fim, a equipa irá contar com os serviços de Diogo Gonçalves, que provém da equipa de formação do Sport Ciclismo de São João de Ver, e que foi um dos melhores ciclistas sub-23 das equipas de clube, tendo uma evolução notável no último ano, sendo, inclusivamente, chamado à seleção nacional de sub-23, correndo, por exemplo, o Tour de l’Avenir.

Equipa da ABTF Betão – Feirense durante um estágio de pré-temporada.
Foto: ABTF Betão – Feirense

Página seguinte

Written by - - 1055 Views

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

No Comment

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *