Ciclocrosse, Nacional

Campeonato Nacional de Ciclocrosse 2021/2022: Ana Santos e Mário Costa novamente campeões!

O Campeonato Nacional de Ciclocrosse teve, ontem, mais uma edição, desta feita em Santo Tirso (Parque Urbano Sara Moreira), onde Ana Santos e Mário Costa foram os principais protagonistas do dia ao conseguirem alcançar mais um título nacional, eles que foram os vencedores do ano passado e, assim, revalidam o seu título nacional por mais uma temporada. A equipa da Axpo / FirstBike Team / Vila do Conde continua a sua grande época de ciclocrosse, tendo conseguido mais um feito: conseguiram preencher totalmente o pódio da corrida de Elites Masculinos.

O percurso delineado no Parque Urbano Sara Moreira era bastante desafiante, e, com a chuva que caiu de madrugada e durante as provas, ficou mais complicado para os ciclistas presentes. A lama esteve presente em quase toda a extensão do circuito, proporcionando bons momentos e boas fotos a quem se deslocou à prova. Falando no público, ele, esteve presente em grande número para esta prova estando uma boa moldura humana no traçado. É de se saudar a afluência do público numa altura complicada devido à pandemia e também devido à chuva que se abateu sobre Santo Tirso, no entanto é só mais uma prova de que o ciclocrosse em Portugal começa a cativar mais fãs e a reunir mais interesse entre os adeptos do ciclismo.

Na prova de Elites Femininas, Ana Santos, voltou a levar a melhor pela quarta vez consecutiva no Campeonato Nacional. Santos fez, somente, a sua segunda prova de ciclocrosse este ano (a primeira tinha sido em Penafiel na Superliga da AC Porto), mas mesmo assim mostrou-se a mais forte, mostrando-o desde o início da prova, batendo a grande dominadora do ciclocrosse nacional, desta temporada, Joana Monteiro. A diferença entre a matosinhense e a famalicense cifrou-se em 1 minuto e 49 segundos. O pódio foi fechado por Leandra Gomes (Axpo / FirstBike Team / Vila do Conde), companheira de equipa de Monteiro. Para Ana Santos foi o seu quarto título nacional (e consecutivo) aproximando-se do número de títulos de Isabel Caetano (que conta com 6 títulos nacionais consecutivos), sendo que para Joana Monteiro é o seu sexto 2º lugar no campeonato nacional de Elites (e a sua sétima medalha), e para Leandra Gomes a sua primeira medalha num campeonato nacional de ciclocrosse.

Ana Santos numa das zonas mais técnicas da prova.

A prova de Elites Masculinos foi uma prova espetacular, como tem sido apanágio. A formação da Axpo / FirstBike Team / Vila do Conde esteve bastante forte na prova com três ciclistas (Mário Costa, Bruno Silva e Vítor Santos) na dianteira da prova. O único ciclista que se conseguiu imiscuir na luta com os três ciclistas da equipa vilacondense foi Márcio Barbosa (ABTF Betão – Feirense), equipa que estreou o seu novo equipamento no dia de ontem. Numa fase inicial quem tomou a dianteira da prova foi Bruno Silva, no entanto Mário Costa começou a imprimir um ritmo bastante forte a partir da segunda volta e não mais foi alcançado. Mais atrás a luta pelo pódio foi titânica, com constantes trocas de posição entre Bruno Silva, Vítor Santos e Márcio Barbosa. Barbosa parecia ter tudo encaminhado para estar no pódio, mas cometeu alguns erros na última volta e não conseguiu retirar do pódio Silva e Santos. Mário Costa ganhou com uma diferença de 1 minuto e 35 segundos para Bruno Silva, fechando o pódio Vítor Santos a 1 minuto e 47 segundos. Para Mário Costa foi o seu quarto título nacional (2º consecutivo), o que o torna o ciclista mais galardoado no ciclocrosse nacional, sendo que para Bruno Silva foi a sua primeira medalha em Elites (já havia sido duas vezes campeão nacional sub-23 e uma vez campeão nacional júnior) e para Vítor Santos foi a sua 8ª medalha em campeonatos nacionais, ele que é três vezes campeão nacional da categoria.

Mário Costa durante a última volta do percurso.
Declarações do Campeão Nacional, Mário Costa, após a prova.

Os restantes Campeões Nacionais:

Sub-23: João Silva (Guilhabreu BTT)
Júnior: Mariana Líbano e Rafael Sousa (Guilhabreu BTT)
Cadetes: Margarida Vasconcelos (Axpo / FirstBike Team / Vila do Conde) e Miguel Pereira (Guilhabreu BTT)
Juvenis: Leonor Lopes (Clube BTT Matosinhos) e Gonçalo Costa (Póvoa Cycling Academy / CDC Navais)
Master-30: Nádia Mendes (BTT Gardunha / Fundão / Create) e Augusto Midão (Rompe Trilhos / AJPCar)
Master-40: Virgínia Moreira (SAERTEX Portugal / Edaetech) Rogério Matos (Rompe Trilhos / AJPCar)
Master-50: Filomena Paulo e António Passos (Rompe Trilhos / AJPCar)
Master-60: Joaquim Pinto (Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel)

Na próxima semana teremos a última prova da Taça de Portugal, em Águeda, que fechará a temporada nacional. Espera-se que a temporada termine em beleza e em grande festa. A Portuguese Cycling Magazine não estará presente na prova, mas iremos fazer o habitual post sobre a prova nas nossas redes sociais. Resta-nos agradecer a todas as organizações que nos acolheram nas provas e a todos os ciclistas que nos ajudaram e estiveram sempre ao dispor para nos dar umas declarações ou para uns momentos de conversa. Para o ano prometemos voltar ao ciclocrosse e tentar dinamizar ainda mais esta modalidade que tão boas recordações nos deixou esta temporada!

Written by - - 201 Views